Imposto de Renda 2019 IRPF Prof.Jean Javarini (27)99757-7034 WhatsAPP (27)99757-7034 Resolva sua declaração de Imposto de Renda conosco. Cansado de fazer seu Imposto de Renda? Gostaria de achar um consultor capacitado, que fizesse seu IRPF de 2019, para você, de forma eficaz, segura, rápida e garantida? Nós resolvemos sua Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) para você de maneira rápida, segura, fácil e sigilosa. Situação da Restituição: Caso a restituição não tenha sido creditada, ligue para a Central de Atendimento BB 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos) ou entre em contato com qualquer agência do Banco do Brasil S.A. para solicitar/reagendar o crédito.

INDIQUE SEU CONSULTOR: 10 59 35 JEAN JAVARINI

https://loja.jequiti.com.br/?sc=1 INDIQUE SEU CONSULTOR NO SEU PEDIDO. SÃO VANTAGENS EXCLUSIVAS PRA VOCÊ! INDIQUE SEU CONSULTOR E GANHE • Cupons para o sorteio Roda a Roda Jequiti • Cupons para participar dos programas do SBT • Desconto na sua próxima compra Os cupons somente serão enviados para pedidos com Consultor Indicado INDIQUE SEU CONSULTOR: 10 59 35 JEAN JAVARINI RODA A RODA JEQUITI: Preenchendo corretamente e enviando os cupons para sorteio você pode ganhar até R$ 1 milhão. Indique seu consultor no momento da compra e ganhe mais chances de ganhar muito mais prêmios!

domingo, 24 de dezembro de 2017

Imposto de Renda 2018 IRPF declaração

IRPF: chegou a hora de organizar a papelada
Antecipar a documentação vai ajudar a declarar mais cedo e, consequentemente, a obter mais rápido a restituição. Contribuinte deve reunir documentos e, assim, planejar logo a entrega do IR, que começa em março de 2018. Entre março e abril deste ano estará aberto o prazo para declaração anual do Imposto de Renda. Nesse período, os contribuintes deverão prestar contas com o Leão acessando a página da Receita Federal na internet (http://www.receita.fazenda.gov.br). Mas, por hora, o serviço ainda está indisponível. Embora não dê para antecipar esse compromisso ainda em janeiro, é importante aproveitar o tempo que falta para reunir todos os documentos e comprovantes necessários para prestar contas com o Fisco.
O momento é ideal também para completar a papelada, em caso de o contribuinte ter esquecido de solicitar algum comprovante. Se a pessoa esqueceu de pedir um recibo médico, ainda dá tempo de voltar ao prestador de serviço e solicitá-lo, pois ao cruzar os dados constantes informados por este profissional com os declarados pelo contribuinte, é possível que a Receita suspeite de fraude ou de inconsistência das informações apresentadas. Além dos documentos comprobatórios de despesas com saúde, também precisam ser reunidos, para comprovar a veracidade da declaração, informes de rendimento do ano base, a serem fornecidos obrigatoriamente pelas empresas até fevereiro; extratos anuais entregues pelos bancos; e recibos que comprovam despesas com educação dos dependentes e do próprio contribuinte.
Reunir toda a documentação necessária dá muito mais trabalho e toma bem mais tempo do que efetuar a declaração. É importante, portanto, juntar todos os comprovantes agora do que deixar para abril, no fim do prazo. Quem, antecipar a documentação vai ter condições de declarar mais cedo e, consequentemente, obter ainda mais rápido a restituição do imposto. Quem não declarar o imposto no prazo terá de pagar multa de aproximadamente R$ 200,00. Todo cidadão, mesmo com renda menor, deverá prestar contas de seus bens. A não declaração poderá acarretar em diversas consequências com o Fisco. Além de ser multado, o cidadão poderá ter o seu CPF incluído na situação de irregular e ficar com o cadastro inativo.
Os contribuintes podem entregar a “papelada” até abril/2018, mas quanto mais cedo eles acertarem as contas, mais cedo são restituídos. Quem entregar a declaração após esta data, além de pagar multa, só poderá agendar o pagamento do imposto a partir da segunda parcela. Antecipar-se também significa acabar com a tensão da correria das últimas horas para a entrega das declarações. Lembre-se de que há o risco de congestionamento nos servidores da Receita, o que pode impedir o envio de sua declaração.

Nenhum comentário: