O BLOG Imposto de Renda é uma plataforma que foi criada para facilitar a vida do contribuinte e funciona desde 2008, além de tutoriais personalizados, vídeos e notícias atualizadas constantemente, o BLOG IRPF conta com profissionais preparados para fazer sua declaração de uma forma simples, segura e o melhor: totalmente On-line.

Resolva sua declaração de Imposto de Renda conosco. Cansado de fazer seu Imposto de Renda - IRPF?
Gostaria de achar um consultor capacitado, que fizesse seu IRPF de 2014, para você, de forma eficaz, segura, rápida e garantida?
Nós resolvemos sua Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Fisica ( IRPF ) para você de maneira rápida, segura, fácil e sigilosa.

YOUTUBE

IMPOSTO de RENDA 2013 2014 Restituições Lotes Notícias Dúvidas Dicas Vídeos Curiosidades Novidades! BLOG do IRPF2014 - ESSE É O SEU BLOG DE IMPOSTO DE RENDA! IRÁ LHE DEIXAR BEM INFORMADO DE FORMA RÁPIDA E INTELIGENTE. Fazendo com calma a declaração você pode conseguir economias importantes. Você só tem a ganhar. ENTRE EM CONTATO. IRPF 2013 Imposto de Renda 2014, Restituição 2013, Lotes, Consulta, Declaração IR. E-mail/Facebook: jeanjavarini2009@isbt.com.br - MSN: jeanjavarini@yahoo.com.br - TWITTER @jeanjavarini -(27)99757-7034 VIVO, Skype jean.javarini

https://www.facebook.com/ProfessorJeanJavarini

https://twitter.com/jeanjavarini

quinta-feira, 29 de maio de 2008

STJ decide se incide imposto de renda sobre indenização por danos morais

STJ decide se incide imposto de renda sobre indenização por danos morais

Publicidade
A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça vai decidir se há incidência de importo de renda sobre verbas recebidas a título de indenização por danos morais. O julgamento do recurso especial está previsto para esta quarta-feira (28/5).

O caso foi levado à seção porque há entendimentos divergentes entre a Primeira e a Segunda Turma, que compõem a Primeira Seção. Assim, os ministros das duas Turmas vão debater juntos os processos e unificar a jurisprudência acerca da incidência de IR sobre indenização por danos morais.

A seção vai ter que decidir o caráter da indenização por dano moral. Se for considerada como acréscimo de patrimônio, há incidência de IR. Mas, se o entendimento for que os valores recebidos a título de dano moral representam uma indenização por um direito ofendido e não uma nova riqueza fruto de trabalho ou ganho de capital, o imposto não poderá ser cobrado.

Também está na pauta da Primeira Seção desta quarta-feira o julgamento de embargos de divergência que tratam da incidência de IR sobre indenização por horas trabalhadas.

Nesses casos, a Primeira Seção também terá que unificar a jurisprudência da Primeira e da Segunda Turma, que têm decisões conflitantes sobre o tema.

A primeira decidiu que o valor pago pela Petrobras a título de indenização por horas trabalhadas não está sujeito à incidência de IR por se tratar de verba indenizatória, que recompõe períodos de folga não gozados e a supressão de horas extras.

Já a Segunda Turma decidiu que a mesma verba paga pela Petrobras corresponde ao pagamento de horas extras, constituindo acréscimo patrimonial, portanto sujeita à cobrança de IR.

Terça-feira, 27 de maio de 2008

Nenhum comentário:

Baixe aqui o programa do IRPF 2014 para o preenchimento da declaração.

Google+ Followers

Pesquisar este blog

Carregando...

UpTweet

Postagens populares